100 Perguntas & Respostas sobre o Socialismo: IV. O Partido Revolucionário

 

 

41. Por que a classe trabalhadora precisa de um Partido Revolucionário?

 

A classe trabalhadora é a única classe revolucionária na sociedade de hoje. Como tal, ela luta contra um inimigo muito forte que tem enorme experiência prática , bem como a superioridade militar e organizacional. Para derrotar um inimigo tão poderoso, a classe capitalista, os setores mais avançados da classe operária devem organizar-se e unir-se politicamente como um partido revolucionário para liderar a classe trabalhadora na revolução.

 

 

 

42. Qual é a relação dos comunistas com a classe trabalhadora?

 

Nosso programa é uma expressão dos interesses da classe trabalhadora. É uma bússola para a nossa classe para conseguir a vitória. Nós, como  comunistas, estamos lutando para forjar uma direção revolucionária entre a classe trabalhadora, e tentando convencer  muitos homens e mulheres trabalhadores de que  nossa idéia é possível. Nós rejeitamos a violência, coação e opressão dentro de nossa própria classe. Queremos começar a revolução somente quando a maioria de nossos irmãos e irmãs de classe apoiá-la. Como comunistas, estamos sempre do lado dos estratos mais oprimidos da sociedade, e lutamos continuamente para trabalhar a solidariedade de classe.

 

 

 

43. Por que precisamos de um partido internacional?

 

O capitalismo é um sistema mundial e a classe capitalista coordena a sua actividade política e econômica em âmbito internacional. A classe trabalhadora é uma classe internacional, que não deve ser dividida ao longo de linhas nacionais. Nossa pátria é o mundo inteiro. Precisamos de uma estratégia global, um plano de batalha global para provocar uma revolução mundial. Isso exige, um partido mundial internacional!

 

 

 

44 . Já houve alguma vez alguns partidos  internacionais da classe trabalhadora ?

 

Sim , houve , até agora, quatro internacionais (partidos mundiais da classe trabalhadora ) . Eles conseguiram muito e ganharam grande experiência para a nossa luta revolucionária. Mas no final, todos eles ou  fracassaram , ou  foram traídos , ou se desintegraram.

 

A Primeira Internacional foi fundada por Marx e Engels em 1864, e foi dissolvida em 1876.

 

A Segunda Internacional (também conhecida como a Internacional Socialista ) foi fundada em 1889 ,  era ativa como uma Internacional revolucionária até o início da Primeira Guerra Mundial em 1914. Em seguida, ela se desfez e foi re-fundada como a Internacional Socialista , que formalmente existe até hoje .

 

A Terceira Internacional (também conhecida como a Internacional Comunista ) foi fundada em 1919 por Lênin. Essa Internacional foi criada  com base na experiência da Revolução de Outubro , a  que criou a União Soviética. Esta Internacional foi traída por Stalin que expulsou e matou muitos dos seus membros revolucionários. Foi dissolvida por Stalin em 1943.

 

A Quarta Internacional ( também conhecida como o Internacional trotskista ) foi fundada em 1938 por Leon Trotsky. Este partido foi violentamente atacado e perseguido pelos fascistas , estalinistas , e "democratas "burgueses. A partir do final dos anos 1940, a Quarta Internacional se adaptou ao stalinismo , à  social-democracia e ao nacionalismo pequeno-burguês. Ela se desfez em 1953.

 

 

 

45. Por que somos pela  fundação da Quinta Internacional?

 

Até agora, todas as outras Internacionais falharam e não cumpriram a sua missão histórica. Mas a classe trabalhadora precisa urgentemente de uma liderança internacional revolucionária!

 

 

 

46. O que é o centralismo democrático?

 

O centralismo democrático é um princípio fundamental para as organizações revolucionárias e os partidos. Ela envolve a máxima participação dos membros da organização / partido na determinação política do partido. Uma vez que a política é estabelecida democraticamente, todos os membros devem ajudar na implementação das decisões, através da realização de um trabalho político apropriado. Os membros  elegem uma liderança sensível, que tem a autoridade para tomar decisões até a próxima conferência. O objetivo da participação não é um objectivo em si, mas é um meio para levar a organização ao longo do caminho correto! Dependendo da situação da luta de classes, o centralismo democrático assume diferentes formas.